Bruno de Sá

Soprano

O Sopranista Bruno de Sá iniciou seus estudos em canto na Universidade Federal de São Carlos, tendo se graduado em Licenciatura plena em Música em 2011. Desde esse ano tem participado como bolsista do Festival Internacional Música nas Montanhas de Poços de Caldas – MG. Na Classe de Regência Coral, Canto, Grande Coro e Coro Sinfônico do Festival atua como solista, monitor de naipe e regente.

Em 2013, no papel de “O Menino”, participou da montagem da Operetta “Der Jensen” de Kurt Weill e Bertolt Brecht realizado pela Cia Teatro de Narradores no SESC Belenzinho. No mesmo ano, foi solista do Concerto de Natal no Centro Cultural São Paulo sob a regência de Nicolau de Figueredo.

Em 2014 participou da montagem da ópera Treemonisha de Scott Joplin, atuando como solista e monitor de naipe, sendo regido por Mônica Giardini e Regina Kinjo. Também foi bolsista da Classe de Canto e do Madrigal do 25º Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga de Juiz de Fora MG.

No mesmo ano solou frente a Orquestra Amazonas Filarmônica e do Coral Amazonas interpretando arias para soprano das Paixões Segundo São João e São Mateus de J. S. Bach, em concertos realizados no Teatro Amazonas sob a regência dos maestros Marcelo de Jesus e Otávio Simões.

Em 2015 interpretou o personagem Sextus da ópera La Clemenza di Tito de Wolfgang Amadeus Mozart no Theatro São Pedro, sob a regência de Marcelo de Jesus. Recebendo elogios da crítica especializada: “…sopranista muito jovem que, com voz potente e timbre de mel, deu vida ao papel de Sesto. Fez um triunfo. Continuando assim, está fadado a uma carreira internacional: verdadeira descoberta.” “o rapaz canta com técnica elevada em um timbre que consegue coloridos especiais”

Sob  a  regência  de  Martinho  Lutero  solou  a  Cantata  66  “Erfreut  euch,  ihr  Herzen”  – J.S.  Bach,  “Te  Deum Laudamus” – G. F. Händel e “Alles war ihr Tut – D. Buxtehude.

Neste mesmo ano foi selecionado para participar como bolsista do 2º Festival Coral de Campos do Jordão – SP, além disso, foi um dos bolsistas ganhador de uma Bolsa de Estudos na Alemanha, ao participar da 1ª academia Canto em Trancoso, no Teatro L’Occitane, Trancoso – BA. Uma parceria com o Mozarteum Brasileiro e a Chorakademie Lübeck, tendo, também, a oportunidade de solar no Concerto de Encerramento.

Em 2016 foi um dos solistas do Messias de G. F. Händel e da Petit Messe Solennelle de G. Rossini na Alemanha. Foi solista convidado para a abertura do Festival de Inverno de Mogi das Cruzes – SP solando Carmina Burana de Carl Orff. Também participou da montagem da  ópera Albert Herring de Benjamin Britten sob regência de André dos Santos realizado no Theatro São Pedro e no Festival de Inverno de Campos do Jordão

Participou de Masterclasses com Nicolau de Figueredo, Laura de Souza, Marta Laurito, Jean-François Grondin, Paulo Szot, Lucia Duchonova, Margreet Honig e Marcel Boone. Esteve sob a regência de Jane Borges, Ângelo Dias, Vladimir Silva, Marco Antônio da Silva Ramos, Homero de Magalhães Filho e dos maestros internacionais Philipp Amelung (Alemanha), Rolf BEck (Alemanha), Geoffrey Webber (Inglaterra) Maurice Van Lieshout (Holanda) e Fokko Oldenhuis (Holanda).

Foi o Vencedor do 14° Concurso Maria Callas, recebendo o 1º lugar no Grande prêmio de voz masculina, prêmio de público e do Festival de ópera de Manaus. Participou da 2ª Academia de Canto em Trancoso – BA e é um dos finalistas do Programa Nascente. Atualmente é aluno do curso de Bacharel em Canto Erudito na USP, iniciado em 2013 e integrante da Academia de Ópera do Theatro São Pedro.

newspaper templates - theme rewards