Camila Rabelo

Soprano

Camila Rabelo iniciou seus estudos musicais em 2008 na Escola Municipal de Artes Maestro Fêgo Camargo em Taubaté – SP.  Graduou-se em 2016 no curso de Bacharelado em Canto e Arte Lírica na Universidade de São Paulo, sob orientação dos professores Francisco Campos Neto e Ricardo Ballestero. Atualmente é aluna do segundo ano do Ópera Stúdio da EMESP, orientada pelos professores Mauro Wrona e Norma Gabriel.

Participou de masterclasses com renomados professores, tais como: Céline Imbert (BRA), Marta Laurito (BRA), Laura de Souza (BRA), Maria José Siri (URU), Kathryn Hartgrove (EUA), Lucia Duchonova (SLK), Graciela Araya (CHL), Marcel Boone, Margreet Honig (NLD), entre outros.

Participou de diversos Festivais de Canto, entre eles: Festival Internacional de Música Colonial Brasileira e Música Antiga, Festival Música nas Esferas, Festival Música nas Montanhas, Bauru Atlanta Festival, Festival Internacional de Campos do Jordão, 1ª Academia de Canto em Trancoso e Chorakademie Lübeck 2016 com o Maestro Rolf Beck e a Prof.ª Lucia Duchonova (Alemanha).

Foi premiada na categoria jovem do Bauru Atlanta Festival, participando do encerramento como solista do Glória de Vivaldi com a orquestra do festival. Em 2014 venceu o III Concurso Jovens Solistas da OCAM/USP, com a qual se apresentou no MASP e no Museu da Casa Brasileira, interpretando árias de Mozart, Bellini e Debussy. Em 2015 foi vencedora do Concurso Nascente (USP), na categoria Intérprete de Música Erudita.

Em 2015 fez parte da programação do Theatro São Pedro, interpretando a personagem Lia da ópera “L’enfant Prodigue” de Claude Debussy. Fez parte também do elenco da Flauta Mágica da EMESP, apresentando-se no MASP e em outros locais em São Paulo.

Em 2016 fez parte da Chorakademie Lübeck (Alemanha), foi solista da ária How beautiful are thefeet do Messias de Handel, das canções Der einstMelancholie do ciclo Spanisches Liederspiel de Schumann e dos quartetos da Petite Messe Solemnele de Rossini.

Em 2016 foi premiada no 14º Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas com o Primeiro Grande Prêmio Feminino, Prêmio Ópera “La Bohème” (Mimì) e Prêmio Festival Ópera de Manaus. Como um dos prêmios do Concurso integrou em julho de 2016 o elenco da Ópera La Bohème de Giacomo Puccini como a personagem Mimí, com récitas no Teatro Paulo Machado de Carvalho em São Caetano do Sul, no Theatro São Pedro em São Paulo e no Educa mais em Jacareí.

newspaper templates - theme rewards