“Tico Tico no Fubá” ganhou nova interpretação na noite de terça-feira do festival Música em Trancoso 2016.

Uma das maiores cantoras líricas da atualidade, a mezzo-soprano austríaca Angelika Kirchschlager, cantou o choro de Zequinha de Abreu com alta dose de bom humor, ao final do concerto.

Expondo a própria dificuldade para pronunciar a letra na velocidade que este ícone da música popular brasileira exige, Angelika acabou proporcionando uma divertida performance, que reforçou o clima descontraído deste programa pontuado por melodias ciganas de diversos autores – de Brahms a Sarasate. Intitulado “Música de Salão”, o espetáculo de terça também contou com um grupo camerístico da mais alta qualidade, o Salon Chamber Soloists Basel, formado pela brasileira Ana Helena Surgik (violoncelo), a argentina Sofia Roldán Cativa (violino) e os alemães Bernd Schöpflin (contrabaixo), Elena Graf (violino) e Carl Martin Buttgereit (piano).

newspaper templates - theme rewards