Dois solos arrebatadores marcaram a abertura do festival Música em Trancoso 2016, na noite de ontem. Walter Seyfarth, brilhante músico da Orquestra Filarmônica de Berlim, tocou o “Concerto para Clarinete nº 1”, obra que é considerada uma joia do repertório para este instrumento, concebida por Carl Maria Von Weber em 1811. Em seguida, o pianista polonês Maciej Pikulski interpretou o “Concerto em Fá para Piano”, de Gershwin. Nesta composição de 1925, Gershwin proporciona sua irresistível associação entre a tradição clássica e o jazz. Para completar, a Orquestra Experimental de Repertório, sob regência de Carlos Moreno, marcou presença mais uma vez no Música em Trancoso, com sua competência e jovialidade. Além de acompanhar com precisão os dois solistas, brindou o público com interpretações da “Sinfonia nº 4 – Itália”, de Mendelssohn, e a “Sinfonia nº 40”, de Mozart. O festival está apenas começando e promete muita fartura musical até o dia 13.

newspaper templates - theme rewards