O grupo sueco Vocal Six, que se apresentou na quinta noite do Música em Trancoso 2017, é uma novidade para o público brasileiro. Fundado em 1988, o conjunto reúne quatro tenores, um barítono e um baixo, cuja especialidade é o canto a capella. Outra marca do Vocal Six é a desenvoltura cênica, a apresentação performática que procura envolver a plateia, o bom humor e o repertório variado, que mistura jazz, pop e canções tradicionais.

A abordagem moderna do canto a capella, desenvolvida pelo Vocal Six, dá singularidade ao grupo. Historicamente, este gênero tem origem no canto gregoriano, nos primórdios do criatianismo, quando os instrumentos musicais eram pouco desenvolvidos e a voz era o único recurso dos corais religiosos.

Com o Vocal Six, o canto a capella ganha uma versão pop. No programa apresentado no Música em Trancoso, os cantores suecos foram de Michael Jackson a Bee-Gees, sempre em tom descontraído e bem-humorado.

O auge do espetáculo aconteceu na segunda parte, quando os vocalistas abriram exceção para cantar acompanhados da Orquestra Acadêmica Mozarteum Brasileiro, que está estreando no festival e empolgando o público com seu alto nível artístico. Além de músicas com arranjo orquestral dos Beatles e de Freddie Mercury (entre outras), a Orquestra e o Vocal Six homenagearam Al Jarreau, a lenda do jazz que deveria se apresentar no Música em Trancoso 2017 mas morreu subitamente quase um mês antes. A interpretação de “Mornin´”, de Al Jarreau, foi pura emoção.

Outras noites emocionantes virão até sábado, quando o Música em Trancoso encerra sua sexta edição.
Até seu encerramento, sábado, o festival Música em Trancoso 2017 ainda terá muitas emoções pela frente.

 

Resumo do dia

newspaper templates - theme rewards