Andreas Witmann

Oboé

Andreas Wittmann estudou oboé com o Prof. Manfred Clement, na Faculdade de Música de Munique e, mais tarde, com Hansjoerg Schellenberger, na Faculdade de Artes de Berlim. Em Munique, estudou regência com o Prof. Hermann Michael e participou ativamente de masterclasses de regência com Sergiu Celibidache.

Wittmann foi bolsista da Academia da Filarmônica de Berlim por apenas um ano, antes de entrar para a Filarmônica de Berlim propriamente dita em 1986.

Em 1988 ele formou o Quinteto de Sopros da Filarmônica de Berlim com outros quatro colegas da orquestra. Com o ensemble, fez turnês por vários países da América do Norte e do Sul, Ásia e Austrália, além de ter gravado diversos CDs para o selo sueco BIS.

Wittmann atua internacionalmente como solista, músico de câmara e professor, apresentando-se inclusive como primeiro oboísta da Orquestra do Festival de Bayreuth e da Filarmônica de Berlim, além de dar aulas na Academia da Orquestra Filarmônica de Berlim, onde também foi diretor de 2013 a 2015.

Suas primeiras apresentações como regente aconteceram em festivais da Espanha e Venezuela. Ele rege a “Orquestra Sinfônica Berlim” em diversos concertos da temporada na Sala da Filarmônica Berlim.

Wittmann também é  regente convidado de diversas orquestras, como a Orquestra Sibelius de Berlim, a Orquestra Sinfônica da Bahia – OSBA e a Orquestra Sinfônica Monterrey, no México.

newspaper templates - theme rewards

CADASTRE-SE

Cadastre-se e receba informações sobre o festival Música em Trancoso

Ok ! Seu e-mail foi cadastrado, aguarde !