Angelika Kirchschlager

Mezzo-soprano

A mezzosoprano austríaca Angelika Kirchschlager segue carreira internacional dividindo seu tempo entre recitais e óperas na Europa, América do Norte e Extremo Oriente. É reconhecida internacionalmente como uma das melhores intérpretes de Richard Strauss e Mozart e exibe sua ampla diversidade vocal na interpretação dos personagens centrais de óperas como Pelléas e Mélisande, de Debussy, A Escolha de Sofia, de Maw e A Violação de Lucrécia, de Britten. Recitalista e concertista célebre, seu repertório vai de Bach, Berlioz, Brahms, Debussy, Dvorak, Korngold, Mahler, Mendelssohn e Ravel, a Rossini, Schubert, Schumann, Weill e Wolf.

Em 2007 Angelika Kirchschlager recebeu do governo austríaco o título honorífico de Kammersängerin, por sua extraordinária contribuição à Ópera Estatal de Viena. Em 2009, tornou-se membro honorário da Real Academia de Música de Londres e em 2013, além do prêmio BBC Music Magazine pela gravação de Liszt, recebeu o prestigioso prêmio European Cultural Award por sua contribuição à música clássica como intérprete e professora, mantendo vivo nas novas gerações, o fascínio pela música clássica.

Destaques da temporada 2017/18 incluem o papel de Clairon em Capriccio, de Strauss, no Theater an der Wien; apresentações do Oratório de Natal de Bach na Philharmonie am Gasteig (Munique) e na Elbphilharmonie (Hamburgo), com o Bach Collegium de Munique e Hansjörg Albrecht; concertos no Festival de Música de Trancoso com a Camerata Bern; recitais para Oxford Lieder, Snape Maltings em Aldeburgh e na Wigmore Hall (Londres); além de apresentações na TivoliVredenburg (Utrecht), na Muziekgebouw (Amsterdam) e na Wiener Staatsoper.

As gravações de Angelika Kirchschlager incluem um álbum de Liszt, acompanhada de Julius Drake (Hyperion), um CD de Lieder (Preiser Records), além do álbum Seligkeit, onde canta Schubert, Mahler e Brahms ao lado da Philharmonia Schrammeln (Deutsche Grammophon). Em 2010 ela lançou um CD de Lieder de Schumann (Sony), vencedor do prêmio ECHO e, em comemoração aos 150 anos do nascimento de Mahler, um CD de Lieder do compositor (Quinton Records). Ainda em 2010, gravou um álbum de Brahms (Hyperion Records) e um contendo Lieder de Joseph Marx (cpo), além de ter participado da gravação de um CD duplo de canções populares (Sony).

Sua discografia inclui vários outros registros, entre eles de Lieder de Hugo Wolf (Sony); um álbum de operetas ao lado de Simon Keenlyside (Sony); um CD de canções de Natal; um de árias de Händel; o álbum de duetos First Encounter, com Barbara Booney; Women’s Lives and Loves, com Lieder de Schumann e Loewe ao lado de Dame Felicity Lott (Hyperion); Le Nozze di Figaro, sob regência de René Jacobs (Harmonia Mundi); bem como os lançamentos, pelo selo Sony, de árias de Bach, uma coletânea de canções de ninar clássicas e populares, When night falls, além do muito festejado álbum de estreia com Lieder de Alma Mahler, Gustav Mahler e Erich Korngold.

Títulos em DVD incluem a aclamada montagem de Glyndebourne para Júlio César de Händel, com Angelika no papel de Sesto (Opus Arte); Cherubino em As Bodas de Fígaro, sob regência de René Jacobs (Bel Air); Octavian em O Cavaleiro da Rosa, sob regência de Semyon Bychkov, no Festival de Salzburg (TDK); e Sophie, na estreia de A Escolha de Sofia pela Royal Opera House. A cantora venceu três prêmios ECHO KLASSIK e um prêmio GRAMMY.

Nascida em Salzburg, Angelika Kirchschlager se matriculou na Academia de Música de Viena em 1984, onde estudou canto com o Prof. Gerhard Kahry e com o falecido barítono vienense Walter Berry. Hoje dá masterclasses internacionais e reside em Viena.

Para obter a biografia mais atualizada, favor contatar-nos. Esta biografia não deve ser editada sem permissão da Askonas Holt.
MARY DONALD/Julhos 2017

newspaper templates - theme rewards

IngressosComunidade

Cadastre-se e receba um e-mail avisando quando os ingressos estarão disponíveis

Ok ! Seu e-mail foi cadastrado, aguarde !