Enrique Folger

Tenor

Nascido em Buenos Aires, estudou no Conservatório Municipal de Música “Manuel de Falla” com Margot Arrillaga, posteriormente com Luis María Bragato, Ricardo Ochoa, Nino Falzetti, Jorge Anzorena, Ronaldo Rosa y Nora Lopez. Foi eleito pelo maestro Guillermo Opitz o estudante da Fundação Música de Câmara e membro da Camerata Vocale. Foi aluno, no Instituto Superior de Arte do Teatro Colón, de Renato Sassolla, Roberto Curbelo, Esteban Collado, Bruno D´Astoli, Reinaldo Censabella e Marcela Esoin. Aperfeiçoou esses estudos com Graciela Alperyn, Susana Cardonnet e Rozita Zouzulia.

Integrou a Opera de Câmara do Teatro Colón (Buenos Aires), realizando apresentações e turnês tanto pelo interior do país assim como no exterior. Faz parte do Coro Polifónico Nacional; participou da Opera Estudo do Teatro Argentino (La Plata) e de seu coro estável, assim como do coro do Teatro Comunale (Firenze- Italia).

Interpretou os principais papéis para sua corda vocal em: “Don Giovanni” (de Gazzaniga e de Mozart), “Die Zauberflötte” (Mozart), “Der Freischütz” (von Weber), “Nona Sinfonia” (Beethoven), “Segunda Sinfonia- Lobgesang” (Mendelssohn), “Der fliegende Holländer”, “Das Rheingold” (Wagner), “Nabucco”, “Macbeth”, “La traviata”, “Rigoletto”,”Don Carlos”, “Otello”, “Messa di Requiem” (Verdi), ”Messa di Gloria”, ”La Bohème”, ”Tosca”, “M.Butterfly”, “Gianni Schicchi”, “Turandot” (Puccini), “Carmen” (Bizet), “Don Quichotte”, “Manon” (Massenet), “Romeo et Juliette” (Gounod), “Evgeny Onyeguin” (Tchaicovsky), “Boris Godunov” (Mussorgsky), “Dialogue de Carmelitas” (Poulenc), “L’enfant prodigue” (Debussy), “Le pouvre matelot” (Milhaud), “Le rossignol” (Stravinsky), “El Murciélago” (J.Strauss h.), “Das Lied von der Erde”, “Octava Sinfonía (de los Mil)” (Mahler), “Der Graf von Luxemburg”, “Das Land des Lächelns” (Lehàr), “Lady Macbeth de Mtzenzk” (Shostakovich), “Salome”, “Ariadne auf Naxos” (R.Strauss), “Oedipo” (Enescu), “Hagith” (Szymanowski), “Psalmus Hungaricus” (Kodaly), “Misa Glagolítica” (Dvorak), ”Der Kaiser von Atlantis” (Ullmann), etc.

Tem participado de importantes produções operísticas tanto na Europa como na América; em festivais assim como em festivais de galas, entre as quais podemos destacar a do Centenário do Teatro Colón de Buenos Aires, o 60° Aniversário da Radio Neederland- Radio e Televisão dos Países Baixos (Concertgebouw de Amsterdam- Holanda), o Festival de Ópera de Las Palmas de Gran Canaria (Auditório Alfredo Kraus, I.Canarias- España), o Festival Martha Argerich (Teatro Colón de Buenos Aires), Maggio Musicale Fiorentino (Firenze- Italia), companheira com a qual viajou ao Japão, Dinamarca e Áustria (Salzburg Festspiele), trabalhando com alguns dos mais importantes diretores da atualidade (C.Abbado, Z.Metha, P.Schreier, A.Davis, G.Kuhn, entre outros), e como intérprete da música de câmara, concertos líricos, sinfônicos ou em obras teatrais de diversos gêneros. Pela atividade descrita anteriormente se fez merecedor de várias distinções da Associação de Críticos Musicais da Argentina.

newspaper templates - theme rewards

IngressosComunidade

Cadastre-se e receba um e-mail avisando quando os ingressos estarão disponíveis

Ok ! Seu e-mail foi cadastrado, aguarde !