Sofía Roldán Cativa

Violino

Nascida em Tucumán, Argentina, Sofía Roldán Cativa iniciou os estudos de violino e piano aos quatro anos de idade, com o professor Gustavo Guersman. Aos nove anos foi aceita no Instituto de Artes e Música da Universidade de Tucumán. Um ano mais tarde, estreou como solista com a Orquestra Sinfônica de Tucumán. Em 2007 ganhou a bolsa “Teresa Grüneisen” do Mozarteum Argentino e passou a estudar na Universidade de Saarbrücken, Alemanha, com a professora Tanja Becker-Bender e, mais tarde, na Universidade de Música e Artes Cênicas de Frankfurt, com a Priya Mitchell. Desde 2013 faz mestrado na Universidade Mozarteum de Salzburg, sob orientação da violinista suíça Esther Hoppe.

Sofía venceu prêmios nacionais e internacionais, tais como o Concurso Internacional de Violino de Düsseldorf, Prêmio Alois Kottmann, Concurso Politécnico de Música de Câmara de Frankfurt, Concurso Mozart de Violino na Argentina, Prêmio de Incentivo de Bad Homburg e Fundação Villa Musica.

A violinista foi solista em concertos na Alemanha e no exterior, tocando ao lado de orquestras como a Orquestra de Câmara Eckstein de Ulm, Orquestra Sinfônica de Tucumán, Ensemble Mozart de Salzburg e Orquestra Sinfônica Polonesa Katowitze, que estreou no Festival de Bad Hersfeld. Ela se apresentou em salas de concerto como a Filarmônica de Berlim, Teatro Mariinsky, Alte Oper Frankfurt, Teatro Colón, Sala Liszt de Budapeste, Teatro Estatal da Lituânia. Tocou sob regência de Christoph Eschenbach, Valery Gergiev, Daniel Harding e Neeme Järvi, e com solistas como Martha Argerich, Menahem Pressler, Leonidas Kavaros, Evgeny Kissin, Deborah Voigt, entre outros. Participou dos festivais de música de Schleswig Holstein, Junge Deutsche Philharmonie, Verbier, entre outros.

No âmbito da música de câmara, Sofía tocou em diferentes formações, em transmissões ao vivo para o Bayerischer Rundfunk, SR, NDR. Buscou inspiração em masterclasses na Europa, nos Estados Unidos e na América do Sul, com professores e ensembles como Eberhard Feltz, Ivry Gitlis, Eduard Brunner, Michael Tree, Maxim Vengerov, Alberto Lysy, Igor Ozim, Fauré Quartet, Hagen Quartet. Apresentou-se nos festivais de música de Edinburgh, Fimba de Buenos Aires, Franconian Music Days, Cividale, Festival de Música de Câmara de Salzburg, Festival de Música da Cidade de Londres e no renomado Festival de Música de Câmara de Lockenhaus.

Sofía reuniu experiência orquestral junto à Orquestra da Ópera e do Museu de Frankfurt, na Orquestra de Câmara Skyline, na Orquestra Filarmônica de Heidelberg, na Orquestra de Radiodifusão de Munique, na Filarmônica Austro-Húngara Haydn, na Filarmônica da Rádio de Saarbrücken Kaiserslautern, e como academista da Filarmônica de Viena, do Festival de Salzburg e da Ópera Estatal de Viena.

Na temporada de 2015, Sofía foi aprovada como spalla da Academia de Orquestra da Rádio Munique e do Ensemble Mozart em Salzburg.

newspaper templates - theme rewards

IngressosComunidade

Cadastre-se e receba um e-mail avisando quando os ingressos estarão disponíveis

Ok ! Seu e-mail foi cadastrado, aguarde !